18 de dez de 2008

O Caminho




O caminho do fogo é a água, o caminho do barco é oporto, o do sangue é o chicote, o caminho do reto é otorto.


O caminho do bruxo é a nuvem, o da nuvem é o espaço, o da luz é o túnel, o caminho da fera é o laço.


O caminho da mão é o punhal, o do santo é o deserto, o do carro é o sinal, o do errado é o certo.


O caminho do verde é o cinzento, o do amor é odestino, o do sexto é o cento, o caminho do velho é o menino.


O da agua é a sede, o caminho do frio é o inverno, o do peixe é a rede, o do pior é o inferno.


O caminho do risco é o sucesso, o do acaso é a sorte, o da dor é o amigo, o caminho da vida é a morte.

Raul Seixas

Nenhum comentário: